Logotipo CNM Muncípios Contra a Dengue

Envie-nos seu material, boa prática, sugestões, ideias, opiniões e dicas

Mais da metade dos Municípios gaúchos do Alto do Uruguai estão infestados pelo Aedes aegypti

20 de dezembro de 2017

mosquito da dengue02Mais da metade dos Municípios gaúchos situados do Alto do Uruguai estão infestados pelo Aedes aegypti. O levantamento, feito pela coordenadoria regional de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, mostra que 14 dos 36 Municípios da região tiveram focos do mosquito. A cidade de Erechim foi a que mais identificou a incidência do Aedes.

O índice de infestação registrado chega a 5,4%, muito acima do 1% que é considerado tolerável por especialistas em saúde. Nesse contexto, o estudo aponta que foram encontrados focos do Aedes em 5 de cada 100 imóveis vistoriados nos Municípios dessa região. Esse percentual elevado é considerado preocupante por representar risco muito alto de epidemia. 

Na cidade de Erechim, o último levantamento da vigilância em saúde mostrou que todos os bairros têm registro de infestação do mosquito. Entretanto, até agora nenhum caso de doença transmitida pelo Aedes foi registrado no Município. A secretaria de Saúde municipal reforça o alerta para que a população não deixe água em pneus e em recipientes abertos nos quintais e nas residências. Pede ainda que tampas de caixa d’água sejam tampadas. 

Ações da CNM 

Desde 2015, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) possui um site de auxílio à organização dos Municípios no combate ao mosquito. O conteúdo desse portal engloba desde mensagens de áudio prontas para veiculação em rádio, folhetos explicativos, banners, bottom, adesivos até plano de ação conjunto entre secretarias. A CNM também disponibiliza uma cartilha de combate ao mosquito. Ela traz explicações detalhadas sobre os principais sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. 

Para acessar o site, clique aqui. Baixe a cartilha elaborada pela CNM.  

    

Com informações do Jornal do Almoço